sexta-feira, 21 de julho de 2017

Na Colônia: Circulando com o “Palco de Feiras!”

Cia olhar do outro e Procultura de Pelotas apresentam: Circulação do espetáculo teatral “Palco de Feiras” em Monte Bonito, Vila Nova, Cascata, Colônia Santa Silvana e Colônia Maciel.

Criando uma travessia poética no cotidiano da população e proporcionando à comunidade um contato mais democrático com as artes cênicas, o espetáculo enfatiza a feira como um bem cultural e potencializa o encontro entre espectadores e artes cênicas.

O espetáculo volta às origens do teatro e se apresenta em feiras populares para que as histórias dos feirantes se mesclem com os textos dramáticos clássicos do universo cênico. Se utilizando de musicalidade, textualidade e improvisos, personagens como Rei Lear, Medeia e Homem Cinza se misturam as frutas e legumes pra criar uma trajetória sensível no universo popular e multifacetado das feiras. Direção de Alexandra Dias e no elenco, Tatiana dos Santos Duarte e Lumilan Noda Vieira.

Uma peça contagiante e atual que conta com musicalidade e irreverência. Nêne e Sophia são os personagens que representam os colonos alemães gaúchos, narram a trama e contam histórias de suas vidas como feirantes e ainda interpretam a sua maneira personagens clássicos do teatro, sempre com um toque ácido e cômico, ​possibilitam uma travessia poética no cotidiano da população por meio do contato com as artes cênicas.

Confira a agenda:

Colônia Monte Bonito Dia 22 de Outubro ao lado da Sub Prefeitura
Colônia Maciel Dia 31 de Agosto ao lado da escola Professora Elizabeth Blaas Romano
Colônia Santa Silvana, dia 29 de Agosto ao lado da escola Dirceu Moreira
Colônia Cascata, dia 22 de Agosto
Colônia Vila Nova, dia 19 de Agosto
Colônia Z-3 dia 21 de Julho

Ficha Técnica:
Alexandra Dias​ – Direção
Tatiana Duarte​ – Atriz
Lumilan Noda​ – Ator
Thiago Heinemann Rodeghiero​ – Produção e Cenário
Mariana Gomes​ – Figurinos
Teresinha Ávila Dias – Costureira
Doida da Espanha​ – Patchwork
Luan Borba​ – Preparação e Direção Musical

Realização Cia Olhar do Outro​
Financiamento – Procultura – Secretaria Municipal de Cultura – Pelotas RS​











Fotos Felipe Garcia Freitas

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Registros da estreia de "Gaivotinianos" em Herval!

O espetáculo Gaivotinianos é inspirado no livro "A Gaivota", de Anton Tchekhov e no espetáculo "Olhar do Outro", de Alexandra Dias, o mesmo que deu origem ao nome da companhia. A pesquisa para composição da dramaturgia partiu dessas duas obras rumo a uma investigação de caráter interdisciplinar, expressando assim um desejo mútuo de retomada do primeiro trabalho da companhia, dentro de uma sensibilidade e perspectiva agora revigoradas e amadurecidas. Na busca por uma possível relação entre cena, cidade, performance e vídeo-projeção, neste trajeto navegamos nas profundezas de Nina, Trepliov, Arkádina e Trigorin – figuras foco desta composição – o que nos conduz a uma inevitável reflexão sobre a condição do artista.

Equipe:
Atuação e Direção: Lumilan Noda e Tatiana Duarte
Assistência de Direção: Roberta Alves
Cenário e Arte Gráfica: Thiago Rodeghiero
Técnica: Glauber Vieira
Figurinos: Cia Olhar do Outro
Produção: Cia Olhar do Outro
Assistência de Produção: Glauber Vieira
Fotografia: Junior Martins





Fotos de Júnior Martins  

Registros da Oficina Teatral "Mídias em Cena", realizada na Casa das Oficinas no dia 20/11



Foto de Thiago Heinemann Rodeghiero



Plano de aula:

Mídias em cena
Ministrantes:
Lumilan Noda
Tatiana Duarte
Thiago Rodeghiero

Oficina desenvolvida pelos atores da Cia Olhar do Outro, partindo das experiências compartilhadas na montagem do espetáculo Gaivotinianos. Um trabalho que tem uma pesquisa sobre a plataforma de vídeos e do kinect.

Objetivo Geral :
Elaborar um processo criativo pessoal que desenvolva o empoderamento cênico, aumentando a confiança em si, ressignificar os movimentos corporais com o kinect, dar significado diferenciado nas relações cena e corpo com vídeo projeções.

Objetivo específico:
Expressão corporal;
Expressão vocal;
Jogos expressivos
Pesquisar a si mesmo;
Trabalhar com processos de criação;
Identificar as diferenças corporais nas plataformas midiáticas;
Potencializar os movimentos e ressignificar o trânsito da plataforma kinect;
Pesquisar vídeo e projeção na utilização cênica;

Atividades
Desenvolvimento da aula:
Apresentação da Cia Olhar do Outro e dos participante. Contar sobre a montagem do espetáculo Gaivotinianos e como foi as questões de estudo metodológico para criação e mídias.

Apresentação com palito de fósforo (O que faz, que idade tem etc):
Dizer o seu nome e um pouco de si enquanto a chama estiver acesa, quando apagar deve interromper e passar a caixinha.

Yoga: Gato, cobra, cachorro, saudação ao sol.

Acroyoga: Alongamentos do Acro e aquecimento (em duplas): Voador Lumilan, base Tatiana e anjo qualquer um dos dois;
Posturas: Pássaro, Cadeira, Seta e Montanha sobre a pessoa (Um fica em pé sobre as pernas dobradas do outro). Pedir para tentarem transição.

O resultado desses exercícios poderão ser utilizados com texto no Kinect.


Aquecimento Vocal: Inspira e expira com som de Tsi 5 vezes, 10 vezes, depois hum. A e i o u; Cada um escolhe uma música e canta pra pessoa do lado (Pode ser baixinho ou alto).

Expressão corporal livre: Colocamos a música do Caetano para eles movimentarem o corpo e com isso aquecer o corpo e já irem se conectando com a criação;
Areia, Água, Fogo e Ar, Gaivota, Leão, Cervo, Peixe.

Caminhada contando o seu dia: Cada participante fará uma caminhada contando seu dia e deverá concluir a narração até chegar no fim do percurso.

Memória textual:
Cada uma lembra de um texto (CONTO, POESIA OU MÚSICA) que tenha importância para si;
Caminhada olhando nos olhos deixando rastros sussurrados do seu texto para as pessoas que cruzar;
Ao seu tempo, cada um compartilhará seu texto com o grande grupo de modo que, ao dizer “EU”, todos param para assistí-lo.

Improvisação com direção deles e projeção:
Proposta de Improvisação em grupo:
Trios. Cada integrante do trio escolherá:
1)    Ações criada em exercício anterior (Pode ser acro ou outro feito durante os jogos);
2)    Seu textos pessoal;
3)    O diretor fará a escolha da projeção e orientará aos atores daquele grupo como acontecerá a cena deles.
Obs.: (Se o grupo escolher Acro, é necessário o grupo ter 4 pessoas, para que um seja o anjo).

Junção da expressão corporal com o texto:

Cada um escolhe um elemento que mais gostou na expressão corporal e junta ao seu próprio texto. Terá um tempo para experimentar, com música do Caetano. Apresentam todos juntos e depois individualmente.

Oficina Teatral: Mídias em Cena

Na cidade de Herval no espaço, Casa das Oficinas no dia (20/12) das 15h às 17h
Inscrições na hora e por ordem de chegada. As vagas são limitadas. Oficina gratuita!


Gaivotinianos - Espetáculo Teatral em Herval

Herval será pano de fundo na estreia do espetáculo Gaivotinianos.



Entrada Franca
Classificação indicativa: 12
* O espetáculo iniciará pontualmente às 21h00.

O espetáculo Gaivotinianos é inspirado no livro "A Gaivota", de Anton Tchekhov e no espetáculo "Olhar do Outro", de Alexandra Dias, o mesmo que deu origem ao nome da companhia. A pesquisa para composição da dramaturgia partiu dessas duas obras rumo a uma investigação de caráter interdisciplinar, expressando assim um desejo mútuo de retomada do primeiro trabalho da companhia, dentro de uma sensibilidade e perspectiva agora revigoradas e amadurecidas. Na busca por uma possível relação entre cena, cidade, performance e vídeo-projeção, neste trajeto navegamos nas profundezas de Nina, Trepliov, Arkádina e Trigorin – figuras foco desta composição – o que nos conduz a uma inevitável reflexão sobre a condição do artista.

Vibrante e atual, a dramaturgia de Tchekhov nos fez retornar aos princípios do processo de trabalho do ator. Isso fez com que as improvisações trabalhadas durante o processo de criação gerassem uma composição cênica que abraça os desejos, angústias e imagens trazidas pelo grupo. Os atores envolvidos neste trabalho ao exporem suas próprias questões se permitem a uma aproximação mais íntima com o texto. Dessa forma, durante a peça há evidentes transições entre atores e personagens.

Embora a dramaturgia de “Gaivotinianos” proponha levar para a cena questões inerentes à atividade do artista, e, de certo modo conduza o público à reflexão do que é ser ou querer tornar-se ator, ela ainda apresenta uma relação profunda entre as frustrações dos personagens de “A Gaivota” com as aquelas que também fazem parte da realidade e do cotidiano dos atores da peça.

Teaser: https://youtu.be/sHEKlh3Yle4

Equipe:
Atuação e Direção: Lumilan Noda e Tatiana Duarte
Assistência de Direção: Roberta Alves
Cenário e Arte Gráfica: Thiago Rodeghiero
Técnica: Glauber Vieira
Figurinos: Cia Olhar do Outro
Produção: Cia Olhar do Outro
Assistência de Produção: Glauber Vieira
Fotografia: Junior Martins
Apoio: CTG Minuano, Casa das Oficinas, Epílogo Produções, Herval Fm e H Sul Fm, Sind Hotel, Mac Delícias
Realização: Cia Olhar do Outro
Financiamento: Procultura RS - Secretaria de Estado da Cultura - Governo do Estado do Rio Grande do Sul.
www.facebook.com/ciaolhardooutro

Mostra de Processo, Oficina Teatral "O Corpo Expressivo na Cena" e Rodada de Conversa em Herval - Registros

Mostra de processo foi repleta de trocas e conversas sobre a condição do artista da cena e sobre o projeto, os que foram prestigiar a mostra participaram de uma oficina depois da mostra, a cidade foi muito receptiva e acolhedora.  



Mostra de processo


Rodada de conversa com espectadores



Oficina: O corpo Expressivo na Cena 



segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Gaivotinianos Mostra de processo Teatral em Herval





A Secretaria de Estado da Cultura apresenta:

Mostra de processo teatral "Gaivotinianos" - às 16h
e Oficina teatral "O Corpo Expressivo na Cena" - às 18h

Dia: 30 de novembro

Local: CTG Minuano em Herval

Eventos com entrada franca

O projeto “Gaivotinianos” consiste na montagem de um espetáculo teatral inspirado no livro "A Gaivota" de Anthon Tchekhov e no espetáculo Olhar do Outro.

Sobre a Mostra de Processo:
A mostra de processo contará com alguns fragmentos do espetáculo Gaivotinianos. A Cia acredita que seja uma forma de compartilhar com os espectadores os trabalhos poéticos de criação na cena enquanto fase de construção.
A pesquisa para composição da dramaturgia partiu do texto “A Gaivota” de Anton Tchekhov rumo a uma investigação de caráter interdisciplinar, buscando uma possível abordagem para a relação cena, cidade, performance e vídeo-projeção. Neste trajeto, navegamos nas profundezas de Nina, Trepliov e Arkádina – figuras foco desta composição – o que nos conduz a uma inevitável reflexão sobre a condição do artista. Ao exporem suas próprias questões os atores envolvidos neste trabalho se permitem uma aproximação mais íntima com o texto. Também irá compor a dramaturgia alguns fragmentos cênicos/performáticos do trabalho “Olhar do Outro”, criado pelos mesmos atores da Cia Olhar do Outro em 2012, sob mesma temática.

Sobre a Oficina:
A oficina desenvolvida pelos atores da Cia Olhar do Outro, intitulada "O Corpo Expressivo na Cena" será a primeira das duas oficinas oferecidas durante projeto e parte das experiências e processos criativos compartilhados na montagem do espetáculo Gaivotinianos. As inscrições para a oficina, com idade mínima de 12 anos, serão no Local.

O trabalho será desenvolvido pelos atores Lumilan Noda e Tatiana Duarte, integrantes da Cia Olhar do Outro. Cenário e técnica recebem a assinatura de Thiago Rodeghiero.

Realização: Cia Olhar do Outro
Apoio: CTG Minuano, Casa das Oficinas, Epílogo Produções, Herval Fm e H Sul Fm
Financiamento: Procultura RS - Secretaria de Estado da Cultura - Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Vídeo: https://youtu.be/Njgm0MGS6uQ
Evento: https://www.facebook.com/events/1794251994177540/